Pedro Neves

Maçonaria - Esoterismo - Simbolismo

Textos

MAÇONARIA - 127 - CADEIA DE UNIÃO - OBJETIVOS
MAÇONARIA
127
CADEIA DE UNIÃO – OBJETIVOS
É um ritual utilizado para emissão de fluidos positivos para algo ou alguém.
Através da formação de uma cadeia de união, todos os irmãos que dela fazem parte, procuram focar o pensamento positivo em um objetivo comum. Mas, com as mudanças sucessivas nos rituais, por pessoas que desconhecem o que seja espiritualidade, e que só pensam materialmente, geralmente, se elimina tudo o que diga respeito à prática da meditação e harmonização no preparo das reuniões, antes que se adentre no templo, com as desculpas mais variadas, e, sendo a mais comum, que maçonaria não é religião. Estranho, todos os rituais maçônicos são baseados em livros considerados sagrados para as diversas religiões, pois, a maçonaria é uma instituição que não aceita alguém ateu entre seus integrantes, e o único dogma existente é a crença em um ser supremo (Deus), e na sobrevivência do espírito sobre a matéria, a maçonaria é altamente espiritualista.
      Os rituais devem ser seguidos, mas, não podem proibir algo que deve ser feito antes de seu início ou mesmo após o seu encerramento. Aliás, muitos se esquecem das orações que são feitas durante a prática dos diversos rituais (iniciação, fúnebres, lançamento de pedra fundamental, confirmação de casamento, etc.). Devemos ter sempre em mente, quais são os nossos deveres para com Deus, ou a pergunta: “Quem é o temerário que ousa interromper as nossas meditações?”
     As lojas que aceitam a materialização dos rituais na maçonaria, geralmente são lojas com veneráveis mestres e componentes fracos, que não têm ânimo de trabalhar pelo bem da humanidade.
Para a perfeita execução da cadeia de união, devemos nos desligar da fadiga, do desinteresse e da intranqüilidade do dia a dia. Um elo fraco na corrente, que não esteja bem sintonizado, pode interromper o fluxo de energia e impedir que os objetivos desejados sejam alcançados, por exemplo: é como se estivéssemos em freqüência AM (atmosfera), e tentássemos enviar sinais para receptores FM (ionosfera), não haveria sintonia.
     Quando a sintonia está perfeita, a corrente passa por todos integrantes, então, poderemos formar uma psicosfera favorável, e termos uma perfeita sintonia, pois, “o que está embaixo deve ser como o que está em cima”, e se terá êxito nas finalidades desejadas. A prática da meditação serve para carregar as nossas baterias e receber luz para iluminar os nossos caminhos (quem porta a luz é o primeiro a se beneficiar dela), só então, através da Caridade, poderemos espargi-la pelo orbe, e poderá haver o reflexo da ordem e da beleza que resplandecem no espírito cósmico.
     Somente agindo assim, estará tudo justo e perfeito.

Pedro Neves .’. M.’. I.’. 33.’. KTJ
Membro Efetivo da Academia Maçônica de Letras do Brasil – Arcádia Belo Horizonte
Cadeira 001 – Patrono: Arlindo dos Santos
Preceptor da Suprema Ordem Civil e Militar dos Cavaleiros Templários

Péricles Neves .’. M.’. I.’. 33.’. KT
Membro Efetivo da Academia Maçônica de Letras do Brasil – Arcádia Belo Horizonte
Cadeira 007 – Patrono: Boanerges Barbosa de Castro

PARA AQUISIÇÃO DO LIVRO ANÁLISE DO RITUAL DE APRENDIZ MAÇOM - REAA, SOLICITE ATRAVÉS DO SITE: www.pedroneves.recantodasletras.com.br
CLICANDO EM LIVROS À VENDA OU ENVIANDO E-MAIL DE SOLICITAÇÃO PARA: neves.pedro@gmail.com
SITES:
www.pedroneves.recantodasletras.com.br - www.periclesneves.recantodasletras.com.br -
www.academiamaconicadeletrasdobrasil.blogspot.com -  www.trabalhosmaconicos.blogspot.com -
www.cavaleirostemplariosbhmg.blogspot.com
Pedro Neves e Péricles Neves
Enviado por Pedro Neves em 01/08/2014

Música: PRYSMA - CORCIOLLI

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("você deve citar a autoria de Pedro Neves e o e-mail, neves.pedro@gmail.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras