Pedro Neves

Maçonaria - Esoterismo - Simbolismo

Textos

MAÇONARIA - 119 - NATAL DECEPÇÃO
MAÇONARIA
119
NATAL DECEPÇÃO

Dezembro, mês em que deveríamos enaltecer a Fraternidade ensinada pelo Cristo, mais um ano chega ao fim, e sentimos que nada mudou na maçonaria, a Fraternidade não existe.
O maior ensinamento da maçonaria é a prática da Fraternidade, mas, não estamos conseguindo praticá-la em nosso meio, as divisões continuam e o “Bullying Maçônico” aumenta a cada dia (todas as formas de atitudes agressivas, verbais ou físicas, intencionais e repetitivas, que ocorrem sem motivação e são exercidas por um ou mais indivíduos “instituição maçônica”, causando dor e angustia, com o objetivo de intimidar ou agredir outra pessoa ou outra instituição maçônica, sem ter a possibilidade ou capacidade de se defender, sendo realizadas dentro de uma relação desigual de forças ou poder.
Uma nova forma de agressão é a absurda exigência de se fazer que irmãos que pertençam a uma instituição menor passem novamente por processos de iniciações já realizadas, isto é uma monstruosidade só existente na mente doentia de dirigentes e assessores sectários, covardes, incompetentes, sem grandeza e sem nobreza, que ainda não conseguiram obter a luz que tanto se busca na maçonaria. Aqueles que se submetem a esta exigência, são os fracos, não são irmãos, e jamais o serão no futuro, e não devem ser reconhecidos como tal.
Quando alguém bate a nossa porta e oferece as mãos para a prática da Fraternidade, temos que atender com espírito desarmado, a grandeza da aceitação está em não se fazer exigências humilhantes. Alguns dirigentes não conseguem perceber as oportunidades que lhe batem à porta, oferecendo-lhes a oportunidade de entrarem com grandeza para a história maçônica mundial, como sendo aquele que pacificou e uniu os maçons, enfim, “venceu suas paixões, submeteu as suas vontades e fez novos progressos na maçonaria, estreitando os laços que nos unem como verdadeiros irmãos”.
Mas, as coisas ruins podem piorar, existem aqueles que impedem a união e a pacificação, por questões pessoais com outros, e não têm a grandeza de aceitar a mão estendida em busca de paz, desconhecem o que seja Fraternidade.
Em uma instituição em que a Fraternidade é apenas ficção, não pode existir Liberdade e Igualdade.
A maçonaria como instituição de ensino filosófico, aperfeiçoamento moral e espiritual é perfeita e a maior organização criada pelo homem. Mas, por ser constituída por homens, que são imperfeitos e ainda não entenderam que não são donos de suas vidas e destinos, e muito menos do simbolismo do Esquadro e do Compasso. A maçonaria não tem donos, o seu conhecimento veio de outras eras e instituições, como muitos desconhecem isso, eles acreditam e vivem propagando que existe uma Loja-mãe, dona da maçonaria.
"Se os fracos não têm a força das armas, que se armem com a força do seu direito, com a afirmação do seu direito, entregando-se por ele a todos os sacrifícios necessários para que o mundo não lhes desconheça o caráter de entidades dignas de existência na comunhão internacional". (Rui Barbosa).
  Pedro Neves .’. M.’. I.’. 33.’. MRA
Membro Efetivo da Academia Maçônica de Letras do Brasil – Arcádia Belo Horizonte Cadeira 001 – Patrono: Arlindo dos Santos
Preceptor da Suprema Ordem Civil e Militar dos Cavaleiros Templários

Para aquisição do livro Análise do Ritual de Aprendiz Maçom – REAA, solicite através do site maçônico: www.pedroneves.recantodasletras.com.br e veja em livros à venda, ou pelo site do Mercado Livre: www.mercadolivre.com.br em livros maçônicos.

SITES:
www.pedroneves.recantodasletras.com.br
www.periclesneves.recantodasletras.com.br
www.academiamaconicadeletrasdobrasil.blogspot.com
www.trabalhosmaconicos.blogspot.com
www.cavaleirostemplariosbhmg.blogspot.com
Pedro Neves
Enviado por Pedro Neves em 08/12/2012
Alterado em 19/06/2013

Música: JESUS ALEGRIA DOS HOMENS - J. S. Bach

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("você deve citar a autoria de Pedro Neves e o e-mail, neves.pedro@gmail.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras